Afinal, para que serve o banho de sol nos bebês?

O banho de sol diário para os bebês foi uma recomendação unânime durante muitos anos. Porém, em 2013, Sociedade Brasileira de Dermatologia orientou que os efeitos nocivos do sol na pele são cumulativos, tornando os cuidados necessários desde cedo. Desde então, a orientação divide a opinião de especialistas.Nesse caso, o melhor a se fazer é conversar com o pediatra do seu filho e seguir a orientação que ele considerar ideal. No entanto, independentemente do banho de sol acontecer ou não, sair com o bebê sempre requer cuidados especiais. Em dias de muito calor, é preciso proteger a pele da criança com roupas leves, chapéus e bonés, criando uma barreira física para os raios ultravioleta.

Segundo a coluna Mães e Bebês, do site Vix, o principal benefício para o bebê é a síntese de vitamina D, que previne o raquitismo. Se tiver frio, a orientação é que a mãe leve o bebê, preferencialmente, próximo a uma janela, onde não bata muito vento. É importante lembrar também que o ideal é uma exposição mais completa aos raios solares sem uma barreira de vidro, como algumas pessoas fazem, já que o vidro filtra os raios benéficos para o bebê.

Outro ponto que deve ser levado em consideração é o horário: de acordo com o portal Pais e Filhos, essa exposição só pode acontecer antes das 10 da manhã e após as 16 horas. Sempre por um curto espaço de tempo, entre 5 e 10 minutos.