Bebê arco-íris – a vida que segue após a tempestade

O arco-íris é a promessa de sol que vem após uma forte chuva, a ideia de que a vida continua e que, não importam as dificuldades, sempre haverá uma nova chance, um novo momento onde tudo o que se sonha pode acontecer. A maternidade, como um passo importante na vida, abraça essa analogia e ensina que a superação da perda de um filho é um caminho de aprendizado, diálogo e autoconhecimento. E quando acontece uma nova gestação depois desse momento de perda, é hora de encarar os medos, comemorar a quebra de barreiras e entender que cada dia é um passo rumo ao arco-íris.
A psicóloga Renata Duailibi, parceira do Núcleo Bem Nascer, conta que viver a gestação de um bebê arco-íris é delicado de várias maneiras. “A perda do bebê implica que a maternidade teve um reviravolta e que a ilusão que se teve foi perdida de um momento para o outro. Os pais fazem planos, aguardam ansiosamente a chegada de um novo membro à família e, por alguma complicação isso acaba não acontecendo. Então quando vem uma nova gestação logo após essa perda, é necessário um acompanhamento mais próximo e um acolhimento familiar que possibilite um certo conforto aos anseios da gestante” – detalha ela, que acumula experiência consolidada no assunto.